quarta-feira, 17 de abril de 2013

Como prevenir e acabar com o mosquito da dengue

Como prevenir e acabar com o mosquito da dengue
Como combater o mosquito
Dicas para combater o mosquito e os focos de larvas
Como evitar dengue


O mosquito da dengue se reproduz em qualquer lugar que houver condições propícias tipo (água parada limpa ou pouco poluída), e a melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito.
Por isso retire toda a água parada, especialmente limpa, que você tiver em algum recipiente. Os mosquitos escolhem preferencialmente esses locais para a sua reprodução. Isso é válido também para locais onde a chuva possa ser coletada. Latas, pneus, vasos, blocos de cimento, bacias, panelas, calhas de telhado. Mas atenção, o ovo pode sobreviver durante 450 dias, e ficar activo de novo se tornar a ter acesso a água. Por isso, além de retirar a água, não se esqueça de lavar muito bem todos os recipientes com sabão.

Mantenha limpa as calhas de telhado de modo a que a água possa correr livremente sem ficar parada por obstáculos como folhas e outros detritos.

Coloque o seu lixo doméstico e sacos bem fechados no caixote. Faça-o de modo a que não fique ao alcance de animais até que passe a equipe de recolha de resíduos.

Lave com escova e sabão todos os recipientes utilizados para guardar água, sejam jarros, garrafas, baldes, tanques, ou barris.

Para eliminar as larvas e os mosquitos, utilize um inseticida natural: a borra de café. Coloque em jardins e hortas, misture na terra dos vasos e coloque nos recipientes que normalmente acumulam água. Ao ingerir o extracto da borra, a larva e o mosquito ficam intoxicados, havendo uma taxa de mortalidade de 100%. Mas não se esqueça, a borra de café deve ser renovada de sete em sete dias.

Coloque sempre desinfetante nos ralos exteriores e interiores pouco utilizados.

Em água que não possa ser drenada, como lagos e charcos, coloque peixes barrigudinhos. Em poços desativados ou depressões do terreno, coloque areia ou pó de pedra.


As piscinas devem ter tratamento de água com cloro (sempre na quantidade recomendada).
Piscinas não utilizadas devem ser desativadas (retirar toda água) e permanecer sempre secas.

Evite cultivar plantas aquáticas.

Troque diariamente a água dos bebedouros dos seus animais e lave, também diariamente, os recipientes.

Regue as bromélias, que costumas armazenar água nas folhas, com um litro de água misturada com uma colher de água sanitária.

Sempre que observar alguma situação (que você não possa resolver), avisar imediatamente um agente público de saúde para que uma medida eficaz seja tomada.

Lembre-se a prevenção é a única arma contra a doença.

Vamos todos lutar contra esse mal.



Um comentário:

  1. nao vamos deichar nossas vidadas acaabarem por causa de um musquitinho vamos combater com os minimos de cuidado

    ResponderExcluir

Seguidores

Google+ Badge

Postagens populares

Prestação de serviço

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"